MINERADORA GALVANI : CORRESPONDÊNCIA DESVIADA FAZ PÉSSIMA REVELAÇÃO.

Um dos órgãos de apoio da Mineradora Galvani, solicitou a um dos órgãos de comunicação de Serra do Salitre/MG, o procedimento e valores para fazer divulgação dos seus trabalhos junto a cidade.


O órgão solicitado enviou muito gentilmente um E-mail explicativo e colocando-se sempre a disposição.


No entanto, em uma correspondência interna do Instituto, a senhora AC, com sentimentos superiores e atitude de mando, mas um péssimo português, escreve para um colega, aquele que solicitou a informação, dirigindo-se a ele neste tom : “Vcs mandaram alguma coisa para esse povo? ? não gosto deles,”.


Ao enviar o E-mail para o colega, o mesmo saiu no endereço errado e veio parar nas mãos da direção do órgão de comunicação de Serra do Salitre, que prontamente respondeu a afronta.


Percebendo a complicação dos fatos, o Srº. R. A. analista de desenvolvimento comunitário do Instituto Lina Galvani imediatamente remeteu nova correspondência a redação do setor de comunicação em Serra do Salitre tentando inutilmente justificar o fato, os erros de português contidos neste E-mail enviado é uma lástima. Conheça e vamos saborear parte de mais um lamentável texto da comunicação de tal Instituto: “Quando precisaremos entramos em contato e perdão pelos comentários da A” (textual !)


Pelo jeito há muito que se perdoar, além das grosserias, as impressões passadas e o péssimo português! E a pergunta: tais deverão ser os “frutos Lina Galvani “ tão anunciados na cidade? é bom a população ficar atenta e examinar todos estes frutos, para saber se são mesmo saudáveis.


A conclusão que qualquer pessoa séria e de bom senso poderá tirar destas pequenas informações, é que: como órgão de apoio da Mineradora, estes setores deverão falar a verdade, e se tudo isso for verdade é de se lamentar profundamente. Se, porém, não há verdade nisso, é bom a mineradora ficar mais vigilante e zelar um pouco mais pela imagem que estes órgãos vem passando á cidade e principalmente a seus meios de comunicação. Quer seja pela forma da falta de profissionalismo e conhecimento, quer seja pelo conteúdo inserido, mesmo que com linguagem eivada de erros. Tudo isso é indigno de uma empresa que sabemos ser responsável, mas que precisa rever com urgência a atitudes de alguns membros de instituições que lhe servem de apoio.


Em carta, a Diretora Presidente do Instituto Lina Galvani, manifestou estar muito chateada e enviou uma Carta de Esclarecimento da qual extraímos o presente texto:


“Desde o início de nossa atuação nesse município, em 2009, temos sido sempre muito bem recebidos por seus moradores, integrantes do poder público e outras lideranças locais. E da mesma forma, procuramos realizar nosso trabalho, seguindo os princípios de transparência, respeito, crença no potencial da coletividade e no estabelecimento de parcerias para a realização de nossas ações. “



A família serralitrense agradece as considerações da senhora Cecília Galvani, diretora do Instituto Lina Galvani, e sugere seja revista a conduta, a arrogância, e o melhor profissionalismo de alguns dos membros do respectivo Instituto.


A imprensa Serralitrense, séria, responsável e independente, manterá sua permanente vigilância no fiel dever de informar a coletividade todos principais acontecimentos que lhe diz respeito.


11127638_1447814895512420_4643723806039774101_n.jpg

Serra do Salitre AGORA

Serra do Salitre AGORA

Siga-nos "Em todos"
  • Facebook Basic Black
  • YouTube Basic Black
  • Google+ Basic Black

            RONDA REGIONAL       

LEIS MUNICIPAIS

 NOTA FISCAL ELETRONICA MUNICIPAL (CLIQUE AQUI!)

VISITE NOSSAS UTILIDADES

SIGA-NOS EM NOSSOS CANAIS

  • Facebook Basic Black
  • YouTube Basic Black
  • Google+ Basic Black