Serra do Salitre AGORA. Agora você está conectado com nossa cidade e região. 

PARA REPORTAGENS E COMERCIAIS ENTRE EM CONTATO  POR E-MAIL: serradosalitreagora@gmail.com  TEL.:   Whatsapp (34) 9.9912-9190 (vivo)

TÉCNICOS DA ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DISCORDAM VEEMENTEMENTE DE CONTEÚDO NO PROJETO GALVANI / YARA SOBRE O REBAIXAMENTO DO LENÇOL FREÁTICO EM SERRA DO SALITRE / MG

28/05/2018

 

Nossa reportagem segue acompanhando todo o andamento do projeto de outorga  de rebaixamento do lençol freático no município de Serra do Salitre – MG,que tramita no Comitê da bacia hidrográfica, sendo esta uma grave preocupação da sociedade serralitrense no momento.

 

Equipe de técnicos da administração municipal com habilitação e experiência nas áreas de Geologia,hidrogeologia e mineração discordam veementemente de várias colocações contidas no projeto de rebaixamento do lençol freático,apresentado na reunião da Câmara Técnica de Outorgas do Comitê da Bacia Hidrográfica,no município de Serra do Salitre apresentado pelas empresas Yara/Galvani.

 

Na visão da equipe de técnicos da Administração Municipal, para que o rebaixamento do lençol freático esteja realmente de acordo e cumpra as exigências técnicas e ambientais não  basta apenas a apresentação de documentos. É preciso que haja um estudo mais completo e abrangente principalmente em relação as questões geológicas e hidrogeológicas da região.

 

Entre os diversos pontos em que a equipe técnica da prefeitura discorda no respectivo projeto,  destacam se os seguinte:

 

1) A área delimitada pelo estudo apresentado pela Galvani /Yara, restringe-se apenas ás intermediações da futura cava (mina),não abrangendo toda estrutura geológica, conhecidas como Domo do Salitre I.

 

2) Com um estudo “limitado”,o monitoramento dos recursos hídricos é ineficiente, e as simulações matemáticas dos futuros impactos ambientais, com destaque para secagem de nascentes e alteração das vazões dos cursos d’água, não é fidedigna as condições geológicas da região, podendo estes impactos, estarem subdimensionados.

 

3) No Brasil, os profissionais habilitados para trabalhos de geologia e hidrogeologia, são os Geólogos, Engenheiros Geólogos e Engenheiros de Minas. Porém, no processo de outorga segundo informações não há registro da participação destes profissionais nos projetos. O responsável técnico pelos estudos é um Engenheiro Civil, e mediante a legislação brasileira tal formação não possui atribuição profissional ligada a geologia e hidrogeologia. Tal situação foi questionada, e sugeriu-se aos membros da Câmara Técnica de Outorgas que exigissem a apresentação dos documentos legais do CREA, Câmara Especializada de Geologia e Minas, e também do CONFEA, que DEFIRAM tais atribuições (geologia e hidrogeologia) ao Engenheiro Civil em questão. Porém, tais documentos não foram apresentados.

 

O Engenheiro Geólogo Marcus consultor da Prefeitura Municipal de Serra do Salitre, nos concedeu uma importante entrevista na tarde desta  segunda feira esclarecendo melhor algumas destas questões. Acompanhe no vídeo do quadro RONDA REGIONAL neste Site. A Prefeitura Municipal de Serra do Salitre com seus técnicos esclarecem que continua aberta a dirimir quaisquer dúvidas da comunidade e trabalha para manter a população informada sobre todos os impactos que poderão ser causados pelo Empreendimento de mineração em Serra do Salitre – MG todos os impactos que poderão ser causados pelo Empreendimento de mineração em Serra do Salitre – MG.

 

 

Nossa reportagem acompanha de perto os fatos e breve teremos importantes e  novas informações.

 

Please reload

Siga-nos "Em todos"
  • Facebook Basic Black
  • YouTube Basic Black
  • Google+ Basic Black

Serra do Salitre AGORA

Serra do Salitre AGORA

Contate nos
Contate nos
Contate nos

            RONDA REGIONAL       

  • Facebook Basic Black
  • YouTube Basic Black
  • Google+ Basic Black

SIGA-NOS EM NOSSOS CANAIS

VISITE NOSSAS UTILIDADES

 NOTA FISCAL ELETRONICA MUNICIPAL (CLIQUE AQUI!)

LEIS MUNICIPAIS